terça-feira, 17 de janeiro de 2006

SÉRIE PSICOLOGICA


"Joanna de Ângelis, a admirável benfeitora espiritual que aprendemos a respeitar, apresenta importantes subsídios à Filosofia, à Ciência e à Religião, focalizando temas relacionados com a nossa felicidade.

Centrando-se na notável contribuição de Jung, a autora introduz o pensamento de experientes psiquiatras, psicanalistas, biólogos, a fim de demonstrar que na raiz de todo e qualquer transtorno, aflição, enfermidade ou sofrimento, encontra-se o Espírito eterno, responsável pelas ocorrências que podem ser utilizadas para seu reequilíbrio, a sua recuperação, a sua paz.(...)

Sendo o último livro da Série Psicológica, constitui o coroamento e a síntese dos trabalhos de muitos anos, estimulando-nos ao avanço de nosso ser e à superação de nossos limites, a crescer e a desenvolver o nosso deus interno e o seu conteúdo numinoso."

3 comentários:

  1. O Velho e o Novo

    No primeiro capítulo de "Triunfo Pessoal", Joanna de Ângelis nos fala da teoria de Paul MacLean (neurologista americano - Yale Medical School e National Institute of Mental Health) sobre o cérebro triuno (MacLean's evolutionary Triune Brain theory proposed that the human brain was in reality three brains in one; the R-complex, the Limbic system and the neocortex).

    É interessante notar que o Instrutor Calderaro, através do relato de André Luiz no livro "No Mundo Maior", psicografia de Francisco Cândido Xavier, páginas 46 e 47, copywrite de 1947, nos fala de idéia semelhante, resguardadas as devidas diferenças de visão (a espiritual e a científica).

    Vejamos o que o Instrutor nos diz:

    — "No sistema nervoso, temos o cérebro inicial, repositório dos movimentos instintivos e sede das atividades subconscientes; figuremo-lo como sendo o porão da individualidade, onde arquivamos todas as experiências e registramos os menores fatos da vida. Na região do córtex motor, zona intermediária entre os lobos frontais e os nervos, temos o cérebro desenvolvido, consubstanciando as energias motoras de que se serve a nossa mente para as manifestações imprescindíveis no atual momento evolutivo do nosso modo de ser. Nos planos dos lobos frontais, silenciosos ainda para a investigação científica do mundo, jazem materiais de ordem sublime, que conquistaremos gradualmente, no esforço de ascensão, representando a parte mais nobre de nosso organismo divino em evolução.(...)"

    Mais adiante:

    "Não podemos dizer que possuímos três cérebros simultaneamente. Temos apenas um que, porém, se divide em três regiões distintas. Tomemo-lo como se fora um castelo de três andares: no primeiro situamos a «residência de nossos impulsos automáticos», simbolizando o sumário vivo dos serviços realizados; no segundo localizamos o «domicílio das conquistas atuais», onde se erguem e se consolidam as qualidades nobres que estamos edificando; no terceiro, temos a «casa das noções superiores», indicando as eminências que nos cumpre atingir. Num deles moram o hábito e o automatismo; no outro residem o esforço e a vontade; e no último demoram o ideal e a meta superior a ser alcançada. Distribuímos, deste modo, nos três andares, o subconsciente, o consciente e o superconsciente. Como vemos, possuímos, em nós mesmos, o passado, o presente e o futuro". (grifos nossos)

    Percebemos que Calderaro faz um pequenos ajuste quando diz que o cérebro é uno, porém dividido em três regiões distintas. Isso não invalida a conquista da Ciência. Paul Maclean faz sua análise partindo das estruturas anatômicas para chegar a sua funcionalidade. Calderaro acrescenta às estruturas e funções do sistema nervoso as conquistas do ser espiritual e aprofunda sob o ponto de vista da vida mental.

    Podemos ainda acrescentar que este estudo nos remete a considerações a respeito das redes neurais e sua leitura espiritual.

    Fonte: (http://www.nlm.nih.gov/hmd/manuscripts/ead/maclean534.html#a2)

    ResponderExcluir
  2. Amigos de ideal,que a paz de Cristo esteja com todos nós.Meu comentário não relaciona-se diretamente com o assunto debatido,minha intenção é externar minha satisfação e alegria por ser conhecedor de tão iluminada doutrina que sem sombra de dúvidas é o consolador prometido pelo Mestre.Sou grato aos bons espiritos que se dispõem a nos ajudar nessa caminhada rumo a iluminação,a tão querida Joanna de angelis meu muito abrigado.Paz a todos.

    ResponderExcluir